Neste artigo vamos explorar o processo de identificar o seu público alvo. Este é um passo importante para decidir onde investir.

Estabeleça seu Público Alvo

Para determiná-lo, faça a si mesmo uma simples questão: Quais são os  segmentos de usuários que têm mais chances de “ seguir por onde eu gostaria”, uma vez que eles visitem meu site? Suas metas de conversão podem ser diversas – vendas, leads, download de e-book, vídeos assistidos, etc. Qualquer que seja seu objetivo, qual seria o perfil que poderia se interessar mais?

Aqui estão alguns exemplos de critérios que você poderia  utilizar para determinar seu público alvo:

  1. Nível de renda – Se você oferece um produto ou serviço Premium
  2. Idade e Gênero –Produtos ou serviços particularmente relevantes para certas faixas etárias e gêneros
  3. Região – Usuários que podem interessar-se por seu negócio de acordo com o local onde residem.
  4. Segmentos Pré-selecionados – Usuários que já interagiram com o seu conteúdo online.
  5. Tópicos específicos – Usuários com potencial de se interessar pelos seus produtos ou serviços, com base em sites que eles visitaram e consultas de buscas na web.

Utilize Diferentes opções de Segmentação para definir seu público

Por causa da flexibilidade de opções de segmentação oferecidas por vários canais,  é muito provável que haja uma solução para alcançar seu público alvo com bastante precisão.   Vamos pegar os quatro exemplos acima e analisar como podemos utilizar as opções de segmentação para alcançar seu público alvo.

  • Nível de renda – Segmentação por posicionamento no Google Display Network.  Selecione websites e blogs dedicados a produtos ou serviços de alta qualidade similares aos seus, ou que sugiram um certo nível de poder aquisitivo dos consumidores. Para procurar o segmento, acrescente palavras- chave qualificadas às palavras-chave que você comprar. Por exemplo, inclua termos como “alta qualidade”.
  • Idade e Gênero  – Use o Facebook para limitar sua segmentação a usuários na sua faixa etária e gênero alvos.
  • Região – Limite a segmentação em todos os canais apenas à sua região alvo. Por exemplo, se você vende acessórios para barcos, você pode limitar sua segmentação para áreas próximas à água.
  • Segmentos Pré-selecionados – São usuários que demonstraram interesse ao visitar seu website ou outros de seus perfis online. Selecione estes usuários com o Google Remarketing ou o Facebook Website Custom Audiences.

  • Assuntos Específicos – Selecione estes usuários com a combinação de localização, palavra-chave e segmentação de tópico no Google Display Network, com o Facebook ads utilizando segmentação demográfica e com pesquisa online utilizando palavras-chave contextuais.

Utilize dados para Determinar Segmentos Chave

Provavelmente você está utilizando algum tipo de solução analítica de web para acompanhar o comportamento de usuários no seu website (se não está, comece agora!) Utilize estes dados para ajudar a determinar seu público alvo. Por exemplo, utilizando uma ferramenta como o Google Analytics (é gratuito e incrível) você pode ganhar rapidamente uma gama enorme de informações úteis sobre os seus usuários.  Aqui estão alguns exemplos:

  • De onde vem seus usuários –Relatórios de Fontes, Canais, Indicações
  • Quais são os interesses dos seus usuários – Relatórios de interesse
  • De onde são seus usuários – Relatórios de localização
  • Tecnologia utilizada para acessar seu site – Relatórios de Tecnologia

Utilize o seu conhecimento Interno do Negócio para Entender os Segmentos Chave

Tão importante quanto dados online podem ser para entender seus usuários, não se esqueça de utilizar as informações advindas das vendas e de outras fontes. A performance offline deve fornecer dados para a estratégia online e essa informação pode ser extremamente poderosa quando combinada com insights de ferramentas como o Google Analytics.

Conclusão

  1. Utilize dados online e offline para identificar seu público-alvo;
  2. Faça uma lista de critérios demográficos e comportamentais;
  3. Considere como alcançar estes segmentos utilizando as opções de segmentação disponíveis nas redes de propaganda;
  4. Utilize os dados que já possui para refinar a segmentação.

Gostou do post? Caso tenha perguntas faça-as nos comentários ou entre em contato com o time Contentools.

*Link do post original

Espere! Não esqueça de assinar nossa newsletter

Acesse conteúdo premium sobre marketing de conteúdo:

Suas informações de contato nunca serão usadas para enviar qualquer tipo de SPAM.