Meu nome é Calila Galvão, tenho 30 anos e já vou avisando que, a minha caminhada como redatora freelancer foi bastante fora da curva e mesmo depois de quase 5 anos de profissão não me canso de perceber o quanto essa carreira me surpreende e como há uma infinidade de caminhos para seguir.

São novas oportunidades, novas formas de aprendizado e pessoas para te ajudar nessa caminhada. Trabalhar como redatora freelancer na Contentools, desde de 2016, tem sido uma experiência e tanto. Estar numa empresa na qual você se sente valorizada simplesmente não tem preço.

Mas antes de mais nada, deixa eu contar um pouquinho da minha história e sobre o aconteceu antes de ingressar na empresa.

De fisioterapeuta a redatora especialista na área da saúde: meu início na Comunidade Contentools

Aqui entra um pouco desse caminho fora da curva do qual falei há pouco. Faltando três meses para concluir o curso de fisioterapia (sim, você leu certinho, fisioterapia, eu estava na área da saúde) e não queria atuar em clínicas, pois são locais que não costumam valorizar os 10 semestres de cursos que fiz. Eu sempre tive um pé, se não o corpo inteiro, na área de humanas, então, pesquisei no Google o seguinte termo “como ganhar dinheiro escrevendo”.

Escrita e leitura: duas coisas que sempre amei fazer. Então, quando achei um site para freelancers, fui lá e me cadastrei. Pronto! Poucos dias depois estava eu lá escrevendo para um blog – e, depois disso, não parei mais. Me formei e sempre atuei como redatora freelancer. Foi amor à primeira vista!

Comecei a trabalhar na Contentools e na época a plataforma era ainda diferente. A dinâmica com os redatores funcionava assim: a empresa disponibilizava as pautas e os redatores aceitavam de acordo com a demanda.

Há alguns anos, a empresa mudou – e para melhor. Entre as mudanças, houve uma em especial que me marcou: passou a ser exigido dos redatores uma visão mais completa da estratégia de Inbund Marketing. Para isso, tornou-se obrigatório que os redatores fizessem a Certificação de Inbound Marketing da Hubspot como forma de capacitação.

O problema é que, na época, a certificação era todinha em inglês e não tinha legendas em português – e eu era uma “tonha” no idioma do verb to be. Então não pude continuar prestando meus serviços pela plataforma.

Mas é claro que a história não acabou por aqui.

Quase todos os dias eu entrava na área de curso da Hubspot para ver se a certificação já tinha legenda. E não é que um belo dia isso aconteceu? É claro que eu fui lá e fiz! Essa exigência da empresa pode ter parecido para alguns uma forma de selecionar redatores, separando o joio do trigo. Na prática para mim, foi algo que fez com que eu corresse atrás de mais conhecimento e crescimento profissional. Depois do curso me senti ainda mais apta a exercer a profissão que escolhi e ajudar meus clientes a irem de encontro aos resultados que buscam!

O processo para fazer parte da Comunidade Contentools exige profissionalismo de seus freelancers

Assim que estava com o meu certificado em mãos, não deu outra: fui até o site da empresa (que já estava bem diferente) e me cadastrei como profissional freelancer. O pessoal me respondeu cerca de uma semana depois e fui informada de que precisava ter CNPJ, já que os clientes pediam nota fiscal.

Essa parte legal pode parecer um pouco burocrática e até assustar no início, mas considero um sinal de profissionalismo. Ou seja, a exigência não foi um problema para mim. Fui ao contador, fechei a empresa que eu tinha e abri outra como MEI (microempreendedor individual) já que essa opção era a melhor, financeiramente falando.

A próxima etapa do processo era uma entrevista com a responsável pela Comunidade Contentools. Essa etapa também foi muito prática: marquei a entrevista por e-mail e no dia e horário marcado lá estava eu tendo minha entrevista por Skype. O que me chamou mais atenção (e o que mais gostei) foi a possibilidade de um dia me tornar Gestora de Conteúdo mesmo trabalhando em casa, algo que outras plataformas não ofereciam. Então, aceitei na hora!

A autonomia que tenho como profissional da Comunidade Contentools me incentiva a dar o meu melhor!

Estou extremamente satisfeita com o suporte que recebo da empresa. Recentemente, foi criado um grupo no Slack para facilitar a comunicação entre redatores e a equipe interna de gestão da Comunidade Contentools e Customer Success. Esse grupo veio muito a agregar na minha rotina! Esse contato direto com redatores de todo o Brasil e com o time que trabalha na base da Contentools, em Florianópolis, aproxima todos os profissionais. Além disso, nos sentimos mais parte da empresa; o contato direto com a galera de dentro é muito bacana.

Hoje, grande parte dos clientes que tenho e que me remuneram melhor são da Contentools. Posso me comunicar diretamente com os meus clientes e sinto que estou representando meu nome sempre que entrego um novo trabalho. Isso faz com que eu me envolva ainda mais nas necessidades desses meus clientes e que consigamos chegar a resultados incríveis juntos! Como não sou apenas uma redatora fantasma, mas uma profissional valorizada, vejo uma perspectiva muito legal para o meu crescimento sempre que potencializo o crescimentos dos meus clientes – então cada vitória deles é minha também, somos um time! Ou seja, o fato de a plataforma deixar com que o próprio redator negocie com o cliente nos dá mais autonomia e o direito de tomar as próprias decisões dentro do trabalho que fazemos.

O antes e o depois da Contentools: o que mudou?

Acredito que o que mais mudou foi a minha visão sobre ser redatora freelancer. Hoje vejo que existe um mundo de possibilidades e que o meu crescimento como profissional nessa área nunca vai parar. Quando vejo os comentários dos outros redatores lá no Slack, percebo a galera bacana que tem lá e que cada um se esforça muito, assim como eu, para manter um ritmo bacana de freelas e com muita qualidade.

Há uma vontade imensa de aprofundar meus conhecimentos, de fazer uma graduação para melhorar sempre e somar ao meu trabalho. Consigo ver todas as oportunidades que estão chegando e que chegarão!

Além disso, os feedbacks ajudam muito no crescimento. Esses dias uma Gestora de Conteúdo me enviou os elogios de um cliente sobre o meu trabalho. Gente, eu fiquei nas nuvens, parecia uma criança saltitante!

Quais os meus planos para o futuro?

Bom, como disse aqui, uma das coisas que mais me empolgou em trabalhar na Contentools é a possibilidade de ser Content Manager, algo que não vejo em outras empresas. Certamente farei tudo o que tiver ao meu alcance para conseguir alcançar esse objetivo.

Penso hoje em fazer uma segunda graduação, dessa vez por escolha própria e por algo que realmente goste, algo que impulsionará a minha carreira. Ando pensando muito em Letras ou Comunicação Social, mas ainda está cedo para decidir. Avaliarei as possibilidades.

Em junho, completarei 5 anos de trabalho como redatora freelancer e digo com toda a certeza que essa foi a melhor escolha que fiz. É muito bom ter a liberdade que essa carreira proporciona e as experiências que conquistei ao longo do tempo. Sempre há algo novo para aprender.

Gosto tanto que acabei criando um blog para ajudar outras pessoas que também queiram ser redatores freelancers, assim como eu. Nele, conto a minha experiência na área. Poder passar para as pessoas esse conhecimento é uma grande motivação.

Concluindo

Como você pode ver, qualquer pessoa pode ser um redator freelancer e trabalhar na Contentools – desde que esteja sempre buscando oferecer o melhor tanto para a empresa quanto para a construção de sua carreira (que nunca para). Portanto, corra atrás e persista nos seus objetivos!

Você tem interesse em ser um profissional do time da Contentools? Clique aqui e saiba como.

Leia mais histórias inspiradoras:

Também recomendamos para você:

Espere! Não esqueça de assinar nossa newsletter

Acesse conteúdo premium sobre marketing de conteúdo:

Suas informações de contato nunca serão usadas para enviar qualquer tipo de SPAM.