Se você está começando a usar a web para promover seu negócio, você sabe que ter um site próprio maximiza as chances do seu produto ou serviço ser encontrado e compreendido pelos usuários como algo de valor. Porém, não basta ter um site, é necessário que o seu site seja criado de uma forma atrativa e de acordo com as necessidades do seu público em potencial. Afinal, você não quer ter o trabalho de investir seu tempo e dinheiro em algo que não trará os resultados esperados, certo? Para fugir desse problema ou superá-lo, é necessário planejamento e alguns cuidados estratégicos.

Confira uma lista que vai ajudá-lo a criar e otimizar o site ideal para seu negócio:

1. Pense nos seus objetivos de negócio antes de executar o projeto

Um site precisa de foco para passar uma mensagem clara aos seus visitantes. Com o objetivo de direcionar a criação do seu site, responda a algumas perguntas antes de iniciar o projeto. Em primeiro lugar, qual o objetivo de negócio que este site almeja atingir? Tente estabelecer um objetivo principal, por exemplo, conversão, engajamento em mídias sociais ou tráfego através de um bom rankeamento junto aos sites de busca. Após estabelecer o seu objetivo principal ficará mais fácil decidir sobre questões mais estratégicas de desenvolvimento e criação.

2. Conheça seus usuários

Independente do objetivo do site, é bom lembrar que o ambiente irá servir a um público. Antes de iniciar o design do seu site é importante entender qual o perfil do público-alvo que o seu site irá atender e quais são as suas necessidades. Existe uma técnica que tem crescido em popularidade atualmente, o desenvolvimento de personas para criar a visão do projeto bem como guiar as ações de divulgação e manutenção do seu site.

As personas identificam as motivações, expectativas e objetivos dos usuários, os quais estão diretamente ligados ao seu comportamento online. Elas são criadas a partir de um ou mais arquétipos dos usuários mais comuns que o seu produto ou serviço irá servir. Apesar de serem fictícias, as personas são desenvolvidas a partir de um conhecimento real do seu público.

3. Fique de olho na velocidade e desempenho da sua página

A velocidade e o tempo de resposta do seu site impactam diretamente na experiência de uso dos visitantes. Para quem está criando um site, é recomendável o uso de tecnologias apropriadas para beneficiar a velocidade da navegação. Existem diversas razões para um site ficar lento, além de questões de desenvolvimento e design, é possível que o servidor em que o seu site está hospedado possa estar contribuindo para ele ficar lento. Ferramentas como o Google Page Speed, informam em detalhes, quais os pontos de melhoria você pode trabalhar para deixar seu site mais veloz. Existe uma tecnologia do lado do servidor que pode acelerar em até 300x o seu site. Ela analisa os conteúdos mais acessados, salvando esses conteúdos na memória cache dos usuários e, como consequência, apresenta o site de maneira muito mais rápida aos que o acessam pela segunda vez.

4. Pense nas buscas, mas sem deixar de priorizar a qualidade do conteúdo

Você já parou para pensar na importância de criar conteúdos úteis e que engajem o usuário? Usuários precisam de conteúdo único que providencie soluções para os seus dilemas. Nesse sentido,  é ideal que o seu negócio, além de ser apresentado através de um site, também conte com um blog. Um canal como o blog, por ser flexível e atualizado com frequência, tem o poder de contribuir mais efetivamente para o objetivo de ser facilmente encontrado através de buscadores online. Para ajudá-lo a favorecer ainda mais o SEO em seu projeto, existe uma ferramenta de diagnóstico de SEO que leva em conta as especificidades do seu site, comparando-o com os seus concorrentes e ajudando você a melhorar diversos aspectos do seu site, como palavras-chave, link building, mobile, etc.

5. Não esqueça do usuário mobile

Já faz algum tempo que a era mobile chegou para ficar. Você sabia que números do Google mostram que o número de pesquisas provindas de celulares já desbancaram as buscas a partir de desktops? O WordPress por exemplo, um dos CMS’s preferidos de desenvolvimento para pequenas e médias empresas, possui uma gama imensa de temas responsivos, ou seja, automaticamente adaptáveis a diferentes tamanhos de telas. Se você já tem um site, verifique junto às ferramentas de testes apropriadas se ele é amigável nos dispositivos móveis. Dependendo do resultado que o seu site apresentar, pode ser hora de investir em uma reforma geral do seu site priorizando uma versão mobile de qualidade.

6. Usando CTA’s (Call to actions) a seu favor

Ainda que você não faça vendas online em um primeiro momento, o seu site pode favorecer bastante o seu negócio, auxiliando no processo de decisão de compra dos usuários. Pensando especialmente em otimização de conversão, o uso de CTA’s é algo imprescindível. Os CTA’s servem para indicar a próxima ação que o usuário deve tomar (comprar algo, assinar uma newsletter, receber notificações, etc.) ao navegar no seu site.  É sempre bom pensar que os CTA’s devem acompanhar o tom geral do seu site, se o seu site tem um discurso de vendas, mas nunca indica ao usuário que ele deve comprar, é provável que ele acabe não vendendo nada.

7. Aproveite a busca local

Você sabia que o algoritmo de classificação local do Google opera de forma diferente da busca orgânica? Para alguns negócios, em especial os que tem versão física do estabelecimento, não basta apenas construir um site voltado a SEO, é preciso também criar uma conta no Google Meu Negócio  e mantê-la atualizada (não esqueça de informações como endereço e telefone). Esta conta estará vinculada ao Google Places e sempre que alguém buscar pelo seu produto ou serviço e estiver perto de você (com o gps conectado) você poderá aparecer com destaque no buscador.  A busca local funciona de forma bem particular, tendo um algoritmo próprio de ranqueamento. Fatores como resenhas e notas ajudam o seu negócio a subir posições e ser um dos primeiros a aparecer na busca.

Mas então, qual o site ideal para minha empresa?

São vários os fatores que devem ser levados em consideração quando o objetivo é criar um site otimizado para o seu negócio. Entender as necessidades dos usuários é um dos fatores de sucesso mais críticos para qualquer projeto. Ter certeza dos seus objetivos de negócio e de como o seu site irá contribuir para que eles sejam alcançados também é primordial. Além dessas questões que envolvem planejamento, na hora de colocar em prática o seu projeto, não esqueça de investir em uma hospedagem de sites que favoreça o desempenho através de tecnologias de ponta. Isto, somado a cuidados com Design, conteúdo e SEO, pode proporcionar uma experiência de uso incrível para seus usuários.

Leonéia Evangelista, Analista de Conteúdo na KingHost, Formada em Comunicação Digital pela Unisinos e em Bibliotecas Digitais pelo programa Digital Library Learning (Erasmus Mundus).

Espere! Não esqueça de assinar nossa newsletter

Acesse conteúdo premium sobre marketing de conteúdo:

Suas informações de contato nunca serão usadas para enviar qualquer tipo de SPAM.