Fazer uma boa gestão de conteúdo não é um ato de adivinhação, embora muitos profissionais acreditem no fator sorte quando um conteúdo faz sucesso na rede. O marketing de conteúdo precisa ser uma extensão da sua marca, com uma estratégia personalizada, conteúdo inédito e uma “voz” singular, que dê a cara da sua empresa ao que é publicado. Para que esse processo seja bem-sucedido, existe um novo profissional no mercado: o Content Manager. Abaixo, você vai descobrir quais são as principais funções atribuídas a ele. Acompanhe:

Principais funções de um Content Manager

Um Gestor de Conteúdo – ou Content Manager – deve ser capaz de cuidar da estratégia, da execução e da integração do conteúdo; ou seja, é ele quem vai gerenciar o conteúdo de uma empresa por meio de sites, blogs, e-mails, mídias sociais, etc. Isso não significa que ele será o responsável por criar conteúdo, já que essa etapa pode ficar a cargo de um redator, por exemplo. Mesmo nos casos em que ele assume as funções de criação, edição e publicação, suas principais tarefas são planejamento e coordenação dos conteúdos. Abaixo, dividimos as atividades de um Content Manager em 4 funções principais:

1. Estratégia de conteúdo

Antes de delegar a produção de um artigo, e-book, ou vídeo, você tem que ter um plano. Não apenas um calendário editorial, mas uma estratégia mais profunda e alinhada aos objetivos de negócio da empresa. Quais são as suas metas para o conteúdo e como você vai medir o sucesso da publicação? Quem é o seu público e quais são os problemas que você está resolvendo para ele? Qual é a voz da sua marca e o que você está fazendo para se destacar entre milhares
de mensagens e vídeos publicados na internet? E, finalmente, como é que você vai conseguir que todo esse conteúdo seja criado e aprovado? Essas perguntas são apenas uma pequena amostra das preocupações de um Content Manager ainda na fase de estratégia do conteúdo.

2. Execução de conteúdo

No marketing de conteúdo, se você está produzindo quatro posts por semana e um conteúdo rico por mês, por exemplo, a execução pode ocupar bastante tempo do redator. Nesses casos, pode ser interessante terceirizar a produção para um redator externo ou agência de conteúdo. Assim, o Content Manager faz a curadoria dos materiais e orienta como o conteúdo deve ser produzido, assegurando que esteja de acordo com branding, essência, tom de voz e qualidade. Isso economiza tempo e permite que o gestor foque na estratégia em si.

3. Integração de conteúdo

Esta é a etapa em que o profissional se certifica de que o resto da organização sabe o que está sendo produzido e que o marketing de conteúdo agrega valor a todos os setores da empresa. O conteúdo precisa ser integrado a tudo o que está acontecendo dentro da organização. Todos os outros departamentos, da mídia social até o departamento de vendas, precisam saber o que está sendo publicado e como esse conteúdo pode potencializar os resultados de seus esforços. Da mesma forma, o gestor de conteúdo precisa saber o que está acontecendo em cada um desses departamentos para que possa enxergar que tipo de conteúdo pode ajudar a resolver problemas e entregar valor ao público-alvo. Isso significa falar com as pessoas fora da equipe de conteúdo, apresentar planos e campanhas e construir uma estratégia alinhada aos objetivos comerciais da empresa.

4. Distribuição do conteúdo e análise de impacto

Há profissionais que restringem seu foco à distribuição de conteúdo no blog, mas há também aqueles que gerenciam o conteúdo em todos os canais de distribuição da organização. Seja qual for o modelo adotado na empresa, será de responsabilidade do gestor manter as informações atualizadas, informativas e atraentes. Além disso, o Content Manager analisa o impacto e o resultado das publicações para detectar quais foram melhor sucedidas e que mudanças precisam ser implementadas na estratégia e execução do marketing de conteúdo da empresa.

Em suma, cada empresa é diferente e precisa enfrentar seus próprios desafios no que diz respeito a projetos de marketing de conteúdo. Mas há algumas armadilhas comuns que são fáceis de evitar se você tiver as funções do gestor de conteúdo bem definidas.

Na Contentools, trabalhamos em parceria com milhares de gestores de conteúdo e aprendemos que a eficiência da estratégia de marketing de conteúdo está diretamente ligada a produtividade do Gestor de Conteúdo. Esta por sua vez está diretamente ligada a eficácia do seu processo.

Em resumo:
  • Eficiência: fazer certo suas tarefas;
  • Eficácia: fazer as tarefas certas;
  • Eficiência + Eficácia = Produtividade.


Descubra em 5 minutos como você pode maximizar ainda mais a sua produtividade e os resultados do seu marketing com o nosso Quiz: 

 

*conteúdo publicado originalmente em: 3 Fev, 2016

Espere! Não esqueça de assinar nossa newsletter

Acesse conteúdo premium sobre marketing de conteúdo:

Suas informações de contato nunca serão usadas para enviar qualquer tipo de SPAM.