Você quer aumentar seu ROI de Marketing Digital continuamente, mas as possibilidades parecem ser tantas que chega a ser cansativa essa busca pela melhor estratégia para investir tempo e recursos. É para facilitar essa escolha, que trouxemos para você o know-how do time do Pipz em Inbound Marketing e a experiência da Contentools em Marketing de Conteúdo!

As definições você já conhece, Marketing de Conteúdo é usar conteúdo de qualidade para atender às necessidades do seu público-alvo sem fazer uma abordagem agressiva de vendas. Enquanto Inbound Marketing (ou Marketing de Atração), é uma abordagem de marketing para atrair visitantes para o seu site/blog e construir um relacionamento com eles, para os preparar para fechar negócio.

Ou seja, os dois se entrelaçam porque trabalham ativamente na jornada de compra do seu público-alvo. Para que você consiga acompanhar bem essa jornada de compra, você precisa construir uma rede de conteúdos de qualidade que atraiam e eduquem sua persona – e depois manter o contato com ela através de diferentes canais. Se você não incluir conteúdo na sua estratégia de Inbound (estruturada com planejamento, definição de personas, otimização do site/blog, SEO, CTA’s atraentes etc.), você provavelmente não conseguirá conduzir seu lead até o resultado esperado: a venda.

Para ajudar você a unir Inbound e Marketing de Conteúdo em uma estratégia única, trouxemos 5 motivos para unir Marketing de Conteúdo e Inbound e também 5 dicas práticas para aumentar o ROI do seu Marketing Digital ainda hoje! Entendendo esses pontos e aplicando essas dicas, você com certeza verá seu ROI ficar cada vez mais concreto e robusto!

Por que unir Marketing de Conteúdo e Inbound Marketing fará aumentar meu ROI? Aqui estão 5 motivos!

Você já sabe que são as vendas que servem de base para o cálculo do ROI (Resultado sobre Investimento), não é? Pois é, a conta é simples: ROI = (ganho obtido – investimento inicial) / investimento inicial. Essa conta você já deve saber de cor, mas é importante analisar em que momento a dupla Marketing de Conteúdo e Inbound Marketing entra em ação. Juntos eles conseguem aumentar os ganhos e garantir ótimos resultados a médio e longo prazo. Veja como:

Motivo 1: Gerar tráfego e demanda

Crie conteúdos que ajudem a identificar e solucionar as dores das personas e que, ao mesmo tempo, estejam otimizados para motores de busca. Assim, você conseguirá atingir o máximo de pessoas com o problema mencionado. Com a criação de conteúdos que envolvam palavras-chave relevantes, você trará tráfego qualificado e relacionado ao seu produto/serviço.

Sem conteúdo, a solução seria investir em mídia paga – o que diminuiria seu ROI. Sem Inbound, muitas oportunidades de conversão em um conteúdo com tráfego e demanda podem ser perdidas, o que praticamente anularia seu ROI.

Motivo 2: Converter leads combinando relevância e estratégia

Quanto mais relevante o conteúdo, maior o incentivo para o lead oferecer informações de contato. Se estivesse sozinho, o conteúdo apenas serviria como educação de mercado e relevância da marca. Sem conteúdo, seus únicos canais seriam o website e formulários como iscas em redes sociais – que, sozinhos não têm muito alcance e não são educativos para o lead. Use o conteúdo de forma inteligente, com objetivos claros de captação de leads.

É por isso que é necessário que você:

  1. Monte uma Estratégia de Conteúdo pensando em assuntos para topo, meio e fundo de funil.
  2. Tenha conteúdo para cada etapa que incentive a evolução para a próxima – do conhecimento à conversão.
  3. Ofereça material rico, como um vídeo ou e-book por meio de uma landing page – assim você troca informação útil por um contato (nome, e-mail e qualquer outra informação relevante para o seu negócio) que pode virar uma oportunidade para seu time de vendas.

Motivo 3: Nutrir oportunidades

Depois que um lead faz um cadastro e abre as portas para contato, é o conteúdo que o ajuda a conhecer novos conceitos, identificar problemas, considerar soluções e tomar a decisão de contratar o produto/serviço se entender que ele pode resolver o que está incomodando.

Sem conteúdo, isso só aconteceria com ligações de abordagem de vendas, o que pode ser muito inconveniente! Sem falar que quando toda a responsabilidade cai no colo do seu time de vendas, o ciclo de vendas acaba sendo muito mais longo. Isso faz com que cada um de seus vendedores acabe tendo um rendimento mais baixo e seu CAC aumente. Sem o Inbound, nem seria possível acompanhar o desenvolvimento deste lead, quem dirá trabalhá-lo até o ponto em que ele estivesse pronto para a compra!

Por isso, monte um plano de ação, segmente sua base de contatos e eduque seus leads. Fluxos de nutrição são o motor para gerar oportunidades. Eles são cruciais para transportar o lead adiante no funil e preparar esse público para o seu produto/serviço.

Motivo 4: Compreender o status de cada lead

Por meio do consumo de conteúdo, é possível descobrir em qual etapa da jornada o lead está. Isso ajuda a alinhar a criar táticas para fazê-lo avançar no funil e alinhar a abordagem do time de vendas, uma vez que ele esteja pronto para ser abordado.

Sem conteúdo, isso seria no achômetro, e as equipes de marketing e vendas teriam que “investir” em todos os leads, estando preparados ou não. Ou seja: seria muito improdutivo!

Então, crie uma Estratégia de Marketing de Conteúdo concreta e use ferramentas para trackear ações, saiba quem são seus leads o que fazem e principalmente, do que gostam (isso pode ser feito com event tracking,  identificando qual material foi baixado, em que assunto há interesse). Recursos como UTM’s também ajudam você a saber de onde vêm esses leads.

Motivo 5: Fortalecer seu branding e autoridade da marca

Se você oferecer conteúdo de qualidade e útil para o seu visitor, seu lead ou até seu cliente, será visto como autoridade no assunto. Ninguém entende mais sobre determinada área do que sua empresa. E demonstrar isso ativamente é essencial para fortalecer sua marca, bem como criar uma comunidade de fãs e claro, potenciais clientes.

Além de atrair visitantes através de SEO, seu conteúdo também pode ser usado para sanar dúvidas de sua audiência em outros canais, como sites de perguntas e respostas e grupos profissionais. Aliás, participar de grupos relevantes ou ter seu próprio grupo, além de fortalecer a comunidade, cria um canal próprio para divulgar seus conteúdos, pois um público qualificado tem mais potencial para compartilhar suas produções – o que ampliará o alcance e a assertividade da sua distribuição! Com Conteúdo + Inbound, você aproveita essa força, afinal, pode atrair, converter e nutrir ao oferecer ativamente seu know-how a quem está buscando por ele.

5 Dicas práticas para aumentar o ROI do seu Marketing Digital

Existem muitas ações pertinentes para melhorar seus resultados. Separamos algumas dicas que podem ser colocadas em prática rapidamente para ajudar você a extrair o máximo dos seus esforços. Se você já fez tudo da lista acima, vale checar os itens abaixo para estruturar uma estratégia incrível:

#1 Teste volume, frequência e formatos diferentes de conteúdo

Diversificar é fundamental! Há pessoas que gostam de ler, outras que gostam de assistir vídeos e outras que preferem simplesmente ouvir a podcasts. Quando você diversifica seus formatos de conteúdo, pode chegar a pessoas diferentes pelos seus canais preferidos! Então, que tal pensar em formatos um pouco diferentes do que você já se acostumou a fazer? Algumas ideias super legais de formatos de conteúdo são:

  • Blogposts apresentando casos de sucesso de atuais clientes;
  • Discussões sobre temas no LinkedIn;
  • Webinars ao vivo;
  • Vídeos curtos respondendo FAQs;
  • Podcasts entrevistando influencers da área;
  • Enquetes no Instagram Stories;
  • Manuais modulados e multimídia – que misturam conteúdo escrito e vídeos.

Independentemente do formato de conteúdo, lembre-se de sempre definir frequência e volume para as publicações em cada canal. A cadência estável nas publicações ajuda a fidelizar o público que o seu conteúdo tem conquistado. Além disso, aprenda com quem também está testando e analisando (e crescendo) sem parar, esta startup!

#2 Dê atenção para sua taxa de conversão (CRO)

O conteúdo que você disponibiliza online é criado para atingir os objetivos que você traçou na sua Estratégia de Marketing de Conteúdo (que provavelmente estão relacionados ao aumento em vendas), certo? Para conseguir fazer com que seu leitor vá do momento atual até o momento de conversão final (compra), é preciso que você indique o caminho.

É por isso que é essencial que você inclua sugestões de ação dentro do seu conteúdo! Para serem ainda mais efetivas, é importante que essas ações já sejam de fácil acesso – por isso é tão válido colocar links úteis com ações válidas para sua persona ao longo dos seus conteúdos. Dar atenção para isso é aplicar o que chamamos de CRO (Conversion Rate Optimization) – em português, otimização da taxa de conversão. Otimizar seus conteúdos com links que ajudem a persona em sua jornada de compra vai ajudar você a ter mais conversões com o tráfego que você já tem no seu site/blog e é apenas uma das formas de aplicar CRO.Algumas outras maneiras de fazer isso, são:

  1. Incluir botões específicos no meio de conteúdos de alto tráfego;
  2. Fazer testes a/b em páginas de formulários com mais/menos campos;
  3. Fazer formulários simples que direcionam para um formulário maior, gerando leads para nutrição (two-step signup).

#3 Otimize seus CTAs!

Quantas oportunidades de clique você encontrou até agora por aqui? Os CTAs devem estar espalhados por toda a sua página, mas por quê? Porque fornecer ofertas valiosas de Call-to-action vai aumentar as taxas de cliques e gerar mais leads e conversões. Além de ser bom para você, isso também é bom para sua persona, pois faz com que ela entenda com clareza a próxima ação que pode tomar para chegar mais perto de solucionar seu problema!

Na prática, nossas dicas são:

  1. Teste diferentes cores nos seus botões;
  2. Tenha em mente o contraste de cor, ele ajuda os leads a enxergarem melhor botão e texto;
  3. Deixe bem claro o que a pessoa vai conseguir ao clicar no botão ou ao se cadastrar;
  4. Não force uma abordagem de vendas com leads que ainda não estão prontos – indique conteúdos de nutrição de acordo com seu momento na jornada de compra;
  5. Não ofereça conteúdos de topo de funil para quem já está na fase de querer conhecer o produto.

Ou seja, conheça bem sua persona e tenha ela sempre em mente para indicar o melhor caminho para ela através de botões úteis!

#4 Invista ainda mais tempo distribuindo que produzindo conteúdo

Criou um conteúdo incrível? Então, faça ele chegar até a sua persona! Faça ele ser notado e utilizado como fonte de conhecimento através de uma distribuição inteligente! Se você tem utilizado somente o Twitter para divulgar seus conteúdos, você provavelmente está perdendo muitas oportunidades de distribuição. Que tal fazer uma lista com cinco outros canais de divulgação?

Assim como a diversidade de formatos, diversificar os canais de divulgação do que é produzido ajuda a atrair novos públicos. Sua lista de distribuição pode incluir canais como:

  • Grupos nichados no LinkedIn;
  • Grupos nichados no Facebook;
  • Influencers no Instagram Stories;
  • E-mails segmentados para sua base de contatos; e
  • Fóruns de discussão sobre o assunto.

Aqui, segmentação é a chave – por isso é tão importante conhecer a jornada de conteúdo do lead. Aposte em chamadas criativas e adequadas a cada canal para chamar a atenção para as suas produções.

#5 Escolha os softwares corretos e explore todas as suas funções

Investir em bons softwares faz toda a diferença quando o assunto é aumentar ROI. Afinal, softwares específicos irão ser seu braço direito ao controlar as suas ações, analisar resultados e ter insights sobre otimização contínua do seu plano tático.

Nossas dicas de softwares para acompanhar você nesse processo, economizar seu tempo e garantir mais resultados são:

  • Software para Gestão de Marketing de Conteúdo – Contentools: crie seu time ideal de marketing de conteúdo, faça seu planejamento, controle a produção, distribua seu conteúdo automaticamente e analise dados de engajamento e visualização.
  • Software para Gestão de Inbound Marketing – Pipz: faça captação de leads, segmente seus leads, automatize a nutrição por e-mail e acompanhe o engajamento de cada lead enquanto ele se move em direção ao fundo do seu funil.

Ter as ferramentas certas para gerenciar esses processos assegura previsibilidade nas entregas e permite que haja mais tempo para a produção e definição de estratégias. Ou seja, é o único meio de realmente controlar e melhorar seus resultados em meio digital,

Hora de colocar tudo isso em prática!

Com todos esses pontos, tentamos mostrar por que a estratégia de Inbound Marketing precisa de conteúdo para dar certo. A principal mensagem é: A atração gira em torno de conteúdo, e sem ele o Inbound perde parte do sentido e do potencial.

Afinal, para funcionar, o Inbound tem que fornecer a informação certa, para as pessoas certas e na hora certa. O que significa menos dinheiro desperdiçado com leads desqualificados e menor custo de aquisição de clientes. E é isso que você e sua empresa precisam, não é?

Agora que você sabe de tudo isso, e recebeu dicas de como melhorar cada processo é hora de começar! Conte com o PIPZ para a automação do seu inbound e com a Contentools para gerir seu conteúdo e garantir resultados!

Também recomendamos para você

 

experiências únicas na customer journey com o pipz

aumentar o roi do marketing de conteúdo com a contentools

Espere! Não esqueça de assinar nossa newsletter

Acesse conteúdo premium sobre marketing de conteúdo:

Suas informações de contato nunca serão usadas para enviar qualquer tipo de SPAM.