Que a internet se tornou uma ferramenta poderosa, não só para a obtenção de informações, mas também para fazer negócios, todo mundo já sabe e nem se discute. Chega a ser impensável uma empresa que não tenha um site como parte de sua estratégia de marketing digital, tanto para promover o negócio quanto para atrair potenciais clientes. Para isso, as empresas incluem informações em seus sites, com a função de serem encontradas nas ferramentas de busca e responderem possíveis dúvidas dos clientes sobre seus produtos e serviços. Essas informações é o que chamamos de conteúdo.

O tal conteúdo

Chamam-no de rei e ele é o tal. Mas há muitas formas de usar conteúdo na internet. Uma delas é publicando em um blog ou no site da empresa, de forma recorrente. Outra é usando redes de mídia social como Facebook, Twitter, Pinterest e Google+.  Qualquer método de produção e compartilhamento de conteúdo de qualidade é capaz de ajudar empresas a ter presença online e a aumentar suas vendas. Infelizmente, a maioria das empresas ainda não tem uma estratégia de marketing de conteúdo definida. Segundo as agências americanas Econsultancy e Outbrain, a razão para isso é uma só: os donos dessas empresas ainda não se deram conta da importância do marketing de conteúdo.

A importância do marketing de conteúdo

Do ponto de vista financeiro, o marketing de conteúdo leva clientes em potencial a gastar seu rico dinheirinho em produtos ou serviços que eles veem, acessam e passam a conhecer online. Uma pesquisa realizada pelo Custom Content Council revelou que de cada dez consumidores, seis sentem-se mais seguros para comprar produtos e serviços de empresas que publicam conteúdo personalizado em seus sites. E de acordo com a SocialMediaB2B, 75% das pessoas recorre a redes como Twitter ou Facebook na hora de decidir uma compra.

Mas não se engane pensando que esse tipo de marketing se limita às vendas que você faz hoje. O verdadeiro poder do conteúdo está em aumentar o engajamento de seus clientes. Por exemplo, 70% das pesquisas e acessos a links são orgânicos. Isso significa que as pessoas clicam muito mais em links de blogs do que em anúncios superproduzidos e posicionados estrategicamente em alguns sites (para saber se você faz parte da maioria, é só perceber se você clicou ou não no link da pesquisa no parágrafo anterior ^.^). Outra pesquisa realizada em 2012 pela Econsultancy e Outbrain mostrou que 54% das marcas aumentaram o envolvimento dos clientes em função da qualidade do conteúdo em seus sites.

Um bom conteúdo também é fator crucial para aumentar o posicionamento de um site em pesquisas usando ferramentas de busca, como o Google – o que já mostramos aqui no blog. Ainda de acordo com a Outbrain, os buscadores são a principal fonte de acessos de pessoas interessadas em conteúdo aos sites das empresas. Com a recente atualização do algoritmo Panda, o Google passou a se concentrar inteiramente na busca por sites com interface e conteúdo amigáveis. Quando alguém digita uma palavra-chave no Google, os indexadores colocam em primeiro lugar os sites que têm conteúdo muito bom, enquanto sites com conteúdo desatualizado, menos interessante ou pouco cativante são colocados na parte inferior. Portanto, se o seu site ainda não está dando resultado e você quer melhorar o posicionamento no Google e outros buscadores, agora é o momento certo de investir em conteúdo.

Espere! Não esqueça de assinar nossa newsletter

Acesse conteúdo premium sobre marketing de conteúdo:

Suas informações de contato nunca serão usadas para enviar qualquer tipo de SPAM.