Então você precisa fazer marketing de conteúdo, mas deve estar se perguntando: por que criar uma estratégia? Não há dúvida de que o conteúdo é importante por si só, mas você também precisa manter seus olhos no alvo.

Você pode usar diferentes tipos de conteúdo para criar reconhecimento de marca, melhorar a experiência do cliente ou gerar acessos e leads. As empresas também usam seus canais de marketing de conteúdo para obter feedbacks de usuários.

Mas, independente do seu objetivo, seu “mix de conteúdo” final – seja seu blog, sua página do Facebook, sua conta no Twitter ou todos os itens acima – deve promover efetivamente suas mensagens, oferecer uma experiência de usuário excelente e agregar valor à sua empresa.

Aqui estão nove elementos essenciais que irão ajudá-lo a formar uma grande estratégia para chegar lá:

1. Identifique seu público

Normalmente, esta é a primeira coisa que você precisa saber: com quem você está falando? Qual o público-alvo que você quer atingir? Isso, naturalmente, será em grande parte dependente de seu produto ou serviço.

Por exemplo, se sua empresa fabrica brinquedos para bebês, você precisa conversar com os pais (os tomadores de decisão). Mas se seu produto é feito para profissionais individuais, então você precisa mudar a sua voz e conteúdo para apelar para esse segmento.

Basicamente, você precisa falar com as pessoas certas, na linguagem certa.

Gaste tempo identificando seu público-alvo. Pesquisas, entrevistas, grupos de foco e bancos de dados de marketing são grandes fontes de informação. Se você estiver fazendo um orçamento, envie um rápido questionário aos seus clientes atuais, entreviste sua equipe de vendas (afinal, eles interagem com seu público-alvo todos os dias), ou até mesmo poste uma pergunta em seus canais de mídia social.

2. Obtenha suporte interno 

O marketing de conteúdo é demorado e exige muita mão-de-obra. Você não pode fazê-lo sozinho (você poderia tentar, mas para a sua sanidade, não recomendamos). Em algum momento (quanto mais cedo, melhor), você precisará de apoio de todos os setores – todo o pessoal de produto, desenvolvimento, marketing e equipes de suporte, e, especialmente, da alta administração. Eles precisam participar da estratégia, entender o objetivo maior e estar dispostos a auxiliar no processo.

Desta forma, sempre que precisar de ajuda ou de recursos adicionais, já terá um apoio. Ter seus funcionários envolvidos desde o início é fundamental para o sucesso da sua estratégia.

3. Tenha sua lista de verificação em ordem

Já estabelecemos que criar e executar uma estratégia de conteúdo requer muito tempo e recursos, mas temos algumas boas notícias!

Quanto mais tempo você gasta planejando no início, mais dores de cabeça você vai economizar no final.

Certifique-se de cobrir as seguintes perguntas desde o início:

  • O que você está tentando alcançar com o marketing de conteúdo?  Aumentar os usuários, o tráfego do site, as ações sociais, obter feedback? Seja qual for, saber qual é o seu objetivo.
  • Qual é a sua situação atual? Qual é o estado do mercado agora? Sua indústria está crescendo ou encolhendo? E sua empresa? O que você realizou no último trimestre, ou no ano passado? E seus concorrentes? O que os clientes, analistas e imprensa estão dizendo sobre você? Qual é o tamanho do seu orçamento de marketing de conteúdo? Saiba exatamente onde você está, assim você poderá ajustar o curso para sua meta.
  • Como você vai colocar essa estratégia no lugar? Como você vai alocar o tempo necessário e recursos para sua estratégia? Muitas empresas começam com planos ambiciosos, e depois decidem que não querem gastar muito. Você pode alterar sua estratégia, mas lembre-se que você não vai obter resultados sem investir tempo, esforço e dinheiro.
  • Como você vai medir a eficácia da estratégia? Obtenha todas as ferramentas de medição e análise necessárias para todos os seus canais e determine o cronograma para averiguar as análises. Ajuste continuamente sua estratégia, com base em seus dados analíticos – continue fazendo o que é eficaz, pare de fazer o que não é.

 

4. Desenvolva o conteúdo certo e mix de canais

Muitas empresas, dada a oportunidade de apresentar sua marca on-line, se perdem em algum lugar ao longo do caminho. Normalmente, isso acontece porque elas estão apenas olhando para metade da imagem. Ter seu conteúdo no lugar certo é apenas o primeiro desafio. O próximo  desafio é identificar os canais que você pode usar para  distribuir seu conteúdo.

Diferentes canais são mais adequados para diferentes tipos de conteúdo: conteúdo mais curto é ótimo para o Twitter, enquanto conteúdo médio ou longo é melhor para o LinkedIn. Os vídeos são para o YouTube, as imagens continuam no Instagram e os infográficos são bons em quase todas as redes. E nem mesmo procuramos saber se seus leitores acessam seu conteúdo por smartphones, tablets ou computadores.

Sua estratégia de conteúdo ajudará a identificar e distribuir melhor o conteúdo por meio dessa multiplicidade de canais e dispositivos.

Aproveite o tempo para entender quais os apelos dos seus clientes. Por exemplo, eles podem querer um cupom de desconto enviado para o seu telefone ou podem querer ler um blog post enquanto estão deitados na cama com seu tablet.

Novamente, tenha tempo para realizar todas as pesquisas que você precisa sobre quais canais seu público usa, bem como as melhores práticas para cada canal.

5. Envolva o cliente

Os clientes estão no centro do marketing de conteúdo, e tudo o que você faz deve ser voltado para eles. Essa é a audiência que você está tentando apoiar, envolver, influenciar e capacitar.

Tudo na sua estratégia – a voz e o tom do seu conteúdo, os tipos de conteúdo que cria e os diferentes canais que utiliza – deve trabalhar para este fim. Mantenha estas duas questões em mente:

A) Que histórias vão deliciar o seu público? Eles querem ler sobre promoções de vendas ou histórias de sucesso? Eles gostam de listas e questionários, ou guias de como fazer? Eles gostam de ler sobre ciência, ou rir de memes de gato?

B) Que histórias terão o maior impacto? A maior força do marketing de conteúdo é sua capacidade de transformar clientes em defensores. Por exemplo, partidos políticos e organizações sem fins lucrativos muitas vezes incitam a indignação para que os leitores votem de uma maneira particular, enquanto uma demonstração em vídeo de seu produto fazendo algo incrível pode incentivar as pessoas a compartilhá-lo com seus amigos, criando ainda mais potenciais clientes. Então pense como as histórias vão influenciar seus clientes.

6. Pense pequeno

Isso pode soar estranho, mas mesmo quando você olha para o seu conteúdo como um todo, certifique-se de quebrá-lo em pedaços menores.

Quando se trata de conteúdo, a alimentação de informações em doses menores é mais eficaz, pois muita informação pode oprimir o seu público.

Você também deve pensar sobre o tipo de conteúdo apropriado e o tamanho para cada canal em particular (ver dica # 4).

Por exemplo, se você criar uma atualização de produto inovadora, em vez de colocar tudo em uma longa postagem no blog, você poderia primeiro postar um vídeo de demonstração em seu canal do YouTube, segui-lo com uma entrevista nos bastidores no seu blog e, em seguida, criar FAQs em seu site. Quando se trata de conteúdo, alimente o seu público com “uma colherada de cada vez”.

7. Planejamento é fundamental

Há um provérbio de carpinteiro que diz: “Meça duas vezes, corte uma vez.” E como nós mencionamos na dica # 3, quanto mais você planejar agora, mais dor evitará mais tarde.

Monte seu calendário editorial por um ano inteiro. Quando você publica? Com que frequência você atualiza seu site? Você tweeta na parte da manhã, ou na parte da tarde? Você tem um “banco de conteúdo” de histórias interessantes e intemporais para contar?

Benjamin Franklin disse: “Se você falha em planejar, você está planejando falhar“. E com certeza, muitas empresas falham no marketing de conteúdo por causa da falta de planejamento. Ter conteúdo suficiente (ou em produção) para durar por pelo menos um mês, ou até mesmo o próximo trimestre (ou dois, dependendo da sua indústria e recursos).

8. Construa páginas SEO-Friendly

Então você construiu todas essas páginas e as carregou com grande conteúdo, mas você não tem certeza por que as pessoas não estão visitando-as. Muitas vezes, é porque elas não conseguem encontrar o seu conteúdo. A otimização adequada do Search Engine (SEO) garante que sua página seja “amigável de pesquisa” e apareça perto do topo dos resultados do motor de busca quando os usuários pesquisam produtos e serviços em sua indústria.

Que medidas você pode tomar para ser SEO-friendly e certificar-se de que os usuários encontrem sua página? A prática mais importante para a construção de páginas SEO-friendly é incluir palavras-chave relevantes no seu conteúdo. Existem muitas ferramentas que podem ajudá-lo a otimizar o seu blog, site e outros canais (incluindo o Google AdWords – ferramenta de  pesquisa livre de palavra-chave).

No entanto, exagerar pode levar os motores de busca a penalizar o seu conteúdo e colocá-lo mais abaixo nos rankings de pesquisa. Então, ganhe um bom equilíbrio. Construir a página de destino perfeita para SEO é tanto uma arte quanto uma ciência, e quanto mais você fizer isso, melhores resultados obterá.

9. Você está fazendo progresso?

Como tudo nos negócios, quando você tem um objetivo, você precisa verificar se está no caminho certo para atingi-lo. Se você fez o planejamento adequado no início, você já terá uma lista de Indicadores-chave de Desempenho (KPIs, ou “métricas”), benchmarks e marcos a serem alcançados.

Por exemplo, talvez você queira atrair 10.000 visitantes únicos em um mês, ou gerar 10 comentários diários em cada post. Estes são os KPIs que você deve monitorar

Uma vez que você começou a implementar sua estratégia, pode usar dados de medição para fazer “correções de curso”, revisando e ajustando regularmente metas ou táticas, para que você possa voltar aos trilhos.

E agora?

Como podemos dizer, criar uma boa estratégia de conteúdo requer muito tempo e esforço. Mas se você investir e planejar sabiamente, é muito mais provável ter sucesso.

Certifique-se de assinar o blog da Contentools para obter mais dicas sobre estratégias. E se você precisar de ajuda para desenvolver uma estratégia de conteúdo, entre em contato com um de nossos consultores. Gostaríamos de ajudá-lo!

Espere! Não esqueça de assinar nossa newsletter

Acesse conteúdo premium sobre marketing de conteúdo:

Suas informações de contato nunca serão usadas para enviar qualquer tipo de SPAM.