A possibilidade de trabalhar como um redator web tem seduzido cada vez mais pessoas que querem aliar o prazer de escrever com a facilidade em criar suas próprias rotinas e ganhar um bom dinheirinho com isso. Apesar de ser uma carreira que atrai muitos curiosos da área da comunicação (e até muita gente que sempre gostou de escrever mas nunca teve coragem de se aventurar nesse campo), o redator web precisa ter consciência de que algumas características são essenciais para seu sucesso nesse mercado. Além de ser responsável, curioso e impecável com prazos de entrega, o bom redator web sabe usar muito bem uma de suas principais armas para produzir bons conteúdos em qualquer área do conhecimento: a pesquisa por referências.

Se você está ingressando nessa área e tem enfrentado dificuldades para desenvolver textos de qualidade, confira essas dicas que separamos para você pesquisar corretamente e produzir conteúdos incríveis!

A pesquisa é essencial para qualquer tipo de conteúdo que você vai escrever

 

Você pode ser um expert naquele assunto que recebeu para desenvolver um conteúdo, mas isso não significa que é capaz de desenvolvê-lo sem a ajuda de nenhum tipo de pesquisa. A pesquisa na redação web serve para muito mais do que apenas entender do que aquele assunto se trata, ou facilitar a explicação de algum conceito. É no momento da pesquisa que entendemos também como nos comunicar com o nosso leitor, qual o tipo de linguagem que tem sido usado para abordar assuntos similares e o que já foi discutido ou não na internet sobre o tema que você recebeu para escrever.

Todo redator deve entender, portanto, que a pesquisa é uma etapa indispensável e essencial para o desenvolvimento de um conteúdo incrível – e que vai chamar a atenção da persona que ele quer atingir.

Procure sempre por fontes de pesquisa confiáveis

A maior fonte de pesquisa do redator web é, obviamente, a Internet. Apesar de podermos contar com várias opções de conteúdos relevantes e de qualidade que podem servir como referência, a Internet também é cheia das ciladas para aqueles que não dedicam tempo e paciência suficiente para uma pesquisa de qualidade.

Sempre que você for procurar por um conteúdo de referência lembre-se de valorizar fontes confiáveis sobre o assunto que você pretende escrever. Evite cair na tentação de basear seu conteúdo em locais como Wikipédia, blogs que não são alimentados frequentemente e profissionais ou sites dos quais você nunca ouviu falar ou também com baixa frequência de atualização. Prefira sites de revistas e jornais de grande circulação ou peso jornalístico, entrevistas com profissionais do segmento, artigos científicos e sites de instituições de renome na área de conhecimento que você vai abordar.

Conheça muito bem seus clientes e a concorrência

Uma fonte de pesquisa que poucos redatores web exploram, mas que pode ser uma ótima oportunidade para acertar na produção, é o site ou blog do próprio cliente e, é claro, da concorrência. Essa é uma boa saída principalmente para segmentos mais restritos ou que ainda não aproveitam  o Marketing de Conteúdo.

Quando o redator opta por explorar os conteúdos do cliente e de seus principais concorrentes tem a garantia de trabalhar com textos que são completamente relacionados com aquele tema a ser desenvolvido, mas deve ter atenção redobrada.  Ao usar como referência conteúdos do cliente, por exemplo, deve-se ter cuisado de não repetir o que já pode estar bem claro para o leitor. Também deve-se ter o cuidado de usar a referência como uma base, a citando e linkando no conteúdo novo.

 

Já ao usar o conteúdo do concorrente, o cuidado deve ser em não se apropriar da ideia de do tom de voz já empregado. Procure por formas de destacar seu texto com novas informações ou aprofundando pontas que podem ter ficados soltar no conteúdo alheio.

Dica de ouro Contentools: Atenção aos comentários! Muitas vezes o leitor questiona o artigo e fica sem resposta, o que pode indicar que a dúvida permanece lá.

Otimize sua procura por assuntos

Alguns códigos simples podem lhe ajudar a tornar a pesquisa por algum assunto muito popular, ou muito específico, uma tarefa menos árdua. Confira algumas boas dicas para otimizar o seu trabalho:

  • Use o símbolo de soma (+) para poder pesquisar assuntos sobre duas palavras que estão relacionadas (por exemplo alimentação+obesidade). Ao fazer isso, você encontra conteúdos mais específicos e em uma quantidade menor nos buscadores;
  • Use aspas para pesquisar nomes compostos, para que o buscador procure somente por conteúdos que apresentem aquelas palavras juntas (por exemplo “alimentação saudável” ou “Fernanda Torres”);
  • Se você quer encontrar dados sobre uma pessoa ou assunto, mas que esteja relacionado a somente um tema, use o símbolo de subtração (-) para melhorar seus resultados (por exemplo, ao pesquisar pelo autor Michael Pollan, se você quer conferir somente o que ele fez na sua carreira de jornalista, basta colocar no buscador “Michael Pollan” -jornalista);
  • Para buscar conteúdos que abordem a sua palavra chave no título, digite o termo Intitle (no título, em inglês) antes da palavra buscada. Dessa maneira você encontrará textos que tem relação somente com o que você está buscando.

Peça referências ao cliente sempre que tiver dificuldades

Nenhum redator precisa se sentir desesperado quando encontrar dificuldades para pesquisar sobre um determinado tema que deve escrever. A participação do cliente no suporte para o desenvolvimento do conteúdo é essencial para o bom resultado do trabalho desse profissional, especialmente se o assunto que será abordado nos textos for considerado de difícil pesquisa.

Por isso, para garantir a qualidade do seu texto, o redator jamais deve ter medo de pedir novas referências para o cliente (ou até para o editor responsável por mediar a sua relação com o cliente) para fazer um conteúdo de maior qualidade.

Explore conteúdos em outras línguas (mas nunca caia na tentação de traduzi-los)

Se você tem facilidade para ler em inglês ou espanhol, uma boa maneira de fazer pesquisas sobre temas que não contam com muitos conteúdos e referências em português, é explorar na internet textos sobre o assunto publicados em outra língua.

Apesar da maior possibilidade de encontrar boas informações sobre um conteúdo que precisa produzir, o redator deve sempre ficar atento para evitar cair na tentação de simplesmente reproduzir o texto em português para o blog de um cliente. Lembre-se que a tradução não autorizada também é considerada plágio, ok?

Cruze informações

A partir de sua pesquisa você pode entender como o tema já foi abordado por outros redatores e aproveitar para trazer informações ainda não exploradas. A fórmula que a Contentools indica é: pesquise pelo tema e palavra-chave e leia os dez principais resultados. Anote tudo o que for padrão, ou seja, que for comum entre os textos encontrados. Elenque os tópicos mais importantes e faça novas pesquisas com eles – desta vez você pode cruzar apenas três resultados (dos mais interessantes que encontrar). Assim com certeza você encontrará dados ou ideias novas para acrescentar no seu artigo.

Dica de ouro Contentools: Preste atenção na data de publicação das referências!

 

Saber pesquisar corretamente por referências ajuda o redator produzir um conteúdo com muito mais facilidade e propriedade, dando a ele a certeza de entregar algo rico em informação e relevante aos seus leitores.

Como você costuma procurar suas referências para produzir seus textos? Gostou das nossas sugestões? Compartilhe suas dúvidas e opiniões com a gente!


 

Você também vai gostar de:

* Como melhorar o processo criativo de conteúdos

* Por que fazer boas sugestões de temas para seus clientes

Espere! Não esqueça de assinar nossa newsletter

Acesse conteúdo premium sobre marketing de conteúdo:

Suas informações de contato nunca serão usadas para enviar qualquer tipo de SPAM.